Eleição para o Conselho Tutelar de Taboão da Serra é anulada

Por Allan dos Reis, na redação

Em reunião no fim da tarde desta quinta-feira, dia 31 de outubro, o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes) anunciou o cancelamento da eleição do Conselho Tutelar de Taboão da Serra, ocorrida no início do mês, que elegeu cinco novos conselheiros. Eles tomariam posse no início de 2020.

O Taboão em Foco não conseguiu conversar com os representantes do Conselho, mas confirmou a informação com duas pessoas que disputaram a eleição, sendo uma delas eleita e o outro, não. A data da nova eleição não foi divulgada.

A eleição começou a ser contestada antes mesmo das urnas serem fechadas devido a grande e explícita influência de políticos e de igrejas apoiando – praticamente todos – os candidatos, vencedores e derrotados.

Porém, há duas semanas, o Ministério Público determinou a recontagem de votos. Apesar disto, e com diferença na quantidade de votos, os eleitos foram novamente os mesmos.

Os números considerados oficiais após a recontagem de votos ficou da seguinte maneira: Raquel Fernandes (1067 votos), Léa Reis (891 votos), Paulo (652 votos), Tamiris Vaz (580) e Nalva Lúcio (551 votos), seguidos por Flávia Faria (471 votos), Lê Morais (387 votos), Renata Ribeiro (264 votos), Jaciara do Clementino (155 votos), Carmem Leocadio (155 votos), Rodrigo (125 votos), Sueli Santos (123 votos), Alba do Vale Martins (116 votos), Josi Macedo (55 votos), Marcos (39 votos) e Silvana Bonini (21 votos).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.